Como tirar leite materno

A amamentação é um dos momentos mais importantes para as mães e seus bebês. No entanto, devido a rotinas atarefadas, muitas mulheres não conseguem estar presentes em todos os horários de alimentação do recém-nascido. Por isso, elaboramos este guia sobre como tirar leite materno.

 

Dados do Ministério da Saúde apontam que 60% das crianças menores de quatro meses se alimentam exclusivamente de leite materno. Paralelamente, o Estudo Nacional de Alimentação e Nutrição Infantil (Enani) destaca a importância de campanhas que incentivem a amamentação continuada. Os números revelam uma situação mais favorável em comparação a anos anteriores. Porém, estar presente em todos os momentos pode ser difícil para mulheres que se dividem em jornadas duplas de trabalho, por exemplo. 

Portanto, saber como tirar leite materno e armazená-lo é um passo importante para o desenvolvimento da criança. O consumo do alimento por recém-nascidos possui diversos benefícios. São eles: redução da chance de mortalidade infantil, alergia, diarreia, infecção, doenças respiratórias, diabetes tipo 2 e otite. 

Confira agora nossas orientações para essa tarefa.

 

Como tirar leite materno

Como tirar leite materno? A bomba elétrica NUK é uma grande aliada.

 

Os motivos para a retirada do leite materno vão além da impossibilidade de presença da mãe. Podem servir, também, para estimular a produção e manter a lactação, doar para bancos de reserva, tornar a região do mamilo e da aréola mais macias, dentre outros. Existem dois meios para realizar o processo: a ordenha manual e a elétrica.

No entanto, ambas demandam o mesmo cuidado com a higiene pessoal. Veja as dicas:

 

  • Em uma panela com água, ferva por 15 minutos o frasco que será usado para armazenar o líquido (caso existam rótulos, retire-os);

 

  • Escorra o pote e a tampa sobre um pano limpo (a partir daqui, não é recomendado encostar na parte interior do frasco);

 

  • Prenda o cabelo com uma touca ou lenço;

 

  • Higienize as mãos com água e sabão, lavando os seios apenas com água e secando-os com toalhas limpas; 

 

  • Massagear as mamas momentos antes da retirada pode ajudar no processo. 

 

Ordenha

A ordenha mecânica pode ser feita tanto por bombas elétricas quanto de forma manual. A principal diferença é o tempo e o esforço gasto em cada um dos processos.

 

Como tirar leite materno com bomba manual

Bomba manual NUK

 

1 - Encaixe o mamilo no funil da bombinha, de modo que fique centralizado;

 

2 - Comece a fazer a força de sucção suavemente (o ritmo pode aumentar conforme a adaptação da lactante com o produto);

 

Como tirar leite materno pode não ser tão simples, mas nunca deve acarretar em dores ou incômodos para as mães. É preciso sempre conferir o manual e as indicações do fabricante sobre o produto. A Bomba Manual Tira Leite NUK foi desenvolvida para trazer mais conforto para as mulheres, permitindo ajustar o ritmo e a intensidade da sucção. O aparelho conta com almofadas siliconadas que se adaptam ao seio, e as poucas peças ajudam na hora da limpeza. 


 

Ordenha manual 

A vantagem desse método é o baixo custo, já que não necessita de bombas. O cuidado deve ser com os primeiros jatos, a recomendação é dispensá-los para evitar contaminação. 

Como tirar leite materno via ordenha manual

 

1 - Ajeite o mamilo no pote em que deseja armazenar o leite;

 

2 - Com o indicador e o polegar em formato de ‘C’, posicione-os na mudança de cor entre a aréola e a mama. Caso a aréola seja muito grande, coloque os dedos a uma distância de 2 centímetros do mamilo;

 

3 - Afaste os dedos em direção às costelas e, em seguida, comprima o mamilo, conforme a imagem. Os jatos, ou gotas, de leite devem sair neste processo;

 

4 - Mude a posição dos dedos, circundando o mamilo;

 

5 - Após terminar, feche bem o frasco.  



Bomba elétrica

Bomba elétrica NUK

 

A utilização da bomba elétrica é semelhante a manual. Confira os passos:

 

1 - Ajeite o mamilo no funil, de modo que ele fique centralizado (deixe um espaço entre a mama e a parede do funil);

 

2 - Escolha a força de sucção que mais proporciona conforto. Comece com ritmos leves e vá aumentando conforme sinta a necessidade;

 

3 - Massageie o peito para estimular o fluxo do leite durante o processo. 

 

A Bomba Elétrica NUK Comfort Single possui ritmo e força de sucção ajustáveis. Desenvolvida na Alemanha, sua tecnologia permite maior conforto e eficiência na hora de tirar o leite materno. No entanto, é sempre importante conferir o manual do usuário para ter um aproveitamento completo.

 

Como armazenar o leite 

Assim que terminar a coleta de leite, guarde o frasco fechado no freezer ou congelador. Não encha o recipiente para não correr o risco de quebrar o pote durante o congelamento. O Recipiente Para Leite NUK é ideal para armazenar o leite de forma prática e higiênica. Caso o líquido não seja congelado, ele irá estragar em muito menos tempo.

Você pode deixar o leite materno por no máximo até 2 horas na temperatura ambiente, mas o ideal é que se consuma imediatamente após retirá-lo. O leite pode ser guardado na geladeira por até 12 horas, segundo o padrão da Rede de Bancos de Leite Humano. Você pode congelá-lo nos mesmos recipientes indicados, com a recomendação que não se encha o recipiente até a boca, mas deixe pelo menos 2 cm até a borda dele. No congelador, desde que com uma temperatura -10°C, você pode armazenar o leite por até 15 dias, como a recomendação do Banco de Leite Humano. 

Para facilitar a logística, anote no frasco a data e o horário da coleta. É possível armazenar leites ordenhados, juntos, em diferentes levas. O único cuidado é em relação à data de validade do mais antigo.

Na hora de descongelar o leite, coloque o pote com a substância em banho-maria sem que a água ferva. Na temperatura ideal, é possível encostar na água sem se queimar. Espere até que o líquido esteja totalmente descongelado.  

Recipiente para leite NUK

 

Como lavar a bomba

À esta altura, você já deve saber como tirar leite materno. Mas é igualmente essencial aprender a higienizar os produtos e garantir sua integridade para as próximas sessões. No caso das bombas manuais, elas devem ser lavadas antes e depois do uso.

Para uma lavagem mais profunda, desmonte todo o kit de extração e ferva as peças não elétricas em água. Cinco minutos são suficientes para alcançar o resultado desejado. 

Já em relação às bombas elétricas, é importante sempre checar quais peças podem ser lavadas. Uma limpeza sem instrução pode causar danos a ela. 

 

Benefícios da amamentação

Nutrientes para o bebê

O leite materno, nos primeiros meses de vida do recém-nascido, possui todos os nutrientes necessários à criança. Tanto que, até os 6 meses, ele deve ser a única fonte de alimentação. Sua composição contém os teores adequados de proteínas, carboidratos, gorduras e água. 

 

Previne anemia

A anemia é o resultado da falta de glóbulos vermelhos no corpo. O ferro, ácido fólico e a vitamina B12 presentes no leite são importantes na produção desses componentes, responsáveis por levar oxigênio às células.

Mãe amamentando bebê

 

Reduz cólicas

A amamentação também tem papel fundamental para evitar gases e cólicas intestinais. Além disso, as propriedades do leite materno protegem e reparam o intestino do bebê.

 

Digestão

Por se tratar de uma substância vital ao recém-nascido, o leite é facilmente digerido. Isso propicia maior rapidez na absorção de nutrientes e um aumento no número de mamadas. Em contrapartida, as fórmulas de leite em pó elevam o tempo de digestão, alterando o processo natural.

 

Desenvolve o sistema nervoso

Entre outros fatores, a formação de neurônios tem origem na gordura DHA, presente no leite materno. Essa substância também ajuda a prevenir problemas neurológicos, como Alzheimer e demência. 

 

Previne obesidade

Devido às suas propriedades antiinflamatórias, o leite diminui o risco tanto de obesidade, como de diabetes e problemas cardíacos. 

 

Fortalece o sistema imunológico

Além de nutrientes, o leite materno possui anticorpos que protegem as crianças  contra gripe, asma, pneumonia, dor de ouvido, problemas intestinais, entre outros males.      

 

Bancos de Leite humano (BLH)

 

As mães que produzem leite podem compartilhá-lo com bebês que necessitem dele. Para doar, basta ir a um dos bancos - são mais de 221 unidades espalhadas pelo país e 18 postos de coleta, além da possibilidade do recolhimento em casa. 

Em 2020, somente nas unidades neonatais do Distrito Federal, 250 crianças foram alimentadas por dia com o leite doado. Desde 2011, pesquisas mostram que a iniciativa já favoreceu mais de 8 milhões de mulheres. 

 

Salas de apoio à amamentação

Diferentemente dos locais públicos que fomentam o aleitamento, as salas de apoio à amamentação funcionam dentro de empresas. São ambientes licenciados pelo Ministério da Saúde, onde mulheres podem retirar e armazenar o leite durante a jornada de trabalho. Ao final do dia, as mães podem levar o líquido para casa e alimentar seus filhos.  

Atualmente, existem 200 salas de apoio à amamentação espalhadas pelo Brasil, principalmente na região Sudeste. A iniciativa beneficia até 140 mil mulheres.